Todos os posts de Live.Life Professional

O que são as técnicas Low Poo e No Poo?

post blog curl

Hoje em dia é muito comum ouvir falar sobre as técnicas “Low Poo” e “No Poo”. Mas, afinal, o que são essas técnicas e como aderi-las?

Basicamente, o termo “Low Poo” significa o uso de pouco shampoo e o termo “No Poo” significa não usar shampoo nenhum. Isso, além de não usar produtos que contenham compostos agressivos, como: petrolatos, sulfatos, parabenos, silicones e cloreto de sódio.

Essas duas técnicas são geralmente utilizadas por mulheres que têm os cabelos cacheados, crespos e/ou ondulados para deixar as madeixas ainda mais bonitas e saudáveis, porém muitas que têm os fios lisos também aderem e amam o resultado.

cachos

Mas antes de explicarmos como aplicar a técnica, precisamos saber: o que são petrolatos?

Os petrolatos são substâncias derivadas do petróleo. Podem ser agressivas aos fios pois formam um filme que envolve a fibra capilar e com o tempo, ao acumularem, podem impedir que o cabelo absorva outras substâncias necessárias ao fio.

E o que são sulfatos?

Os sulfatos são substâncias usadas para realizar uma limpeza profunda nas madeixas, porém podem causar a perda da oleosidade natural e ressecamento.

Os parabenos também agridem os fios?

Sim! Os parabenos são conservantes utilizados na indústria cosmética para evitar a proliferação de micro-organismos e garantir que o produto tenha uma vida útil mais longa. Há uma grande discussão sobre os riscos ligados ao seu uso, porém o uso de parabenos é legal até um limite de concentração.

Agora que já sabemos quais são os componentes que mais agridem aos cabelos, como fazemos as técnicas? Podemos começar fazendo um revezamento entre as duas.

Low Poo

No primeiro dia, começaremos com a técnica “Low Poo”, que é o uso de pouco shampoo.

Comece aplicando um pouco o Shampoo Low Poo nos cabelos molhados e massageie suavemente. Enxágue bem para tirar o produto e repita o procedimento.

Após o uso do Shampoo Low Poo, use uma Máscara Hidratante. Aplique uma quantidade generosa de máscara e massageie mecha a mecha. Para aumentar ainda mais a potência do tratamento use uma touca de hidratação. Deixe agir entre 5 e 10 minutinhos e enxágue.

Assim que as madeixas estiverem hidratadas, é hora de ativar os cachos! Aplique um Leave-In Ativador de Cachos nos fios úmidos, do meio para as pontas. Com movimentos de baixo para cima, aperte e  solte o cabelo para estimular a formação dos cachos. Agora é só deixar secar os fios naturalmente ou usar um difusor.

No Poo

No segundo dia, usaremos a técnica No Poo, ou seja, sem o uso do shampoo. Para isso usaremos o Co-Wash No Poo.

Primeiro, molhe os fios, aplique uma quantidade generosa de Co-Wash por todo o cabelo e massageie suavemente. Após isso, enxágue bem e repita o procedimento.

Depois de lavado com o Co-Wash, aplique a Máscara Hidratante, deixe agir, enxágue e finalize com o Leave-In Ativador de Cachos.

Você pode intercalar as técnicas durante a semana ou usar uma técnica só, depende do seu gosto.

no poo

Para um melhor resultado, indicamos a linha Curl para Cabelos Cacheados, Crespos e Ondulados da Live.Life Professional, ela possui dentre os ativos: o Óleo de Coco, o D-Pantenol, o Colágeno Hidrolisado, a Manteiga de Karité, Aloe Vera e um Blend de Aminoácidos que agirão diretamente nos fios e deixarão as suas madeixas hidratadas.

Quer saber mais sobre os benefícios?

oleo de coco

Óleo de Coco: tão em alta ultimamente, tem o poder de hidratar e restaurar os fios opacos e danificados. Possui, ainda, capacidade emoliente e lubrificante, formando um filme não oclusivo;

Colágeno Hidrolisado: responsável por reter a água dos cabelos, preencher as fissuras e uniformizar as cutículas;

D-Pantenol: inibe a formação de pontas duplas;

Manteiga de Karité: um potente emoliente recomendado aos cabelos secos, fracos ou quebradiços;

Blend de Aminoácidos com nanotecnologia: nutre e estimula o metabolismo energético das células capilares;

Aloe Vera: traz uma nutrição muito potente aos fios, além de hidratar e também ajudar no crescimento dos fios.

Tudo isso com um cheirinho delicioso, uma fragrância suave que vai fazer você se apaixonar.

Esperamos que tenha gostado das dicas! Para saber mais sobre onde encontrar os produtos clique aqui.

Até a próxima!

 

Como fazer mechas invertidas?

mechas-invertidas-color-blond

Quando se trata de mudar as madeixas nós mulheres ficamos interessadas na hora, afinal, não medimos esforços para dar um up no nosso visual e a nossa vida, não é mesmo?

E para ajudar na mudança, existem diversas opções: luzes, mechas, reflexos, balayage, ombré, etc. Mas vocês já ouviram falar de mechas invertidas?

Esta técnica é muito usada em cabelos loiros e para clientes que não gostam de um cabelo “monocromático”. Com um passo a passo simples e apenas duas horas no salão o visual estará totalmente renovado.

Veja esse resultado feito pelo Nino Braz’il , líder Hair Stylist da Live.Life Professional, na revista Cabelos&Cia:

mechas-invertidas

E por onde começamos?

1) Faça a divisão do cabelo.

Entre tantas técnicas de divisão, linhas e ângulos existentes, cabe ao profissional executar aquela que sentir mais à vontade, aquela que mais domina. Uma dica é sempre misturar técnicas para a cliente ficar cada vez mais com um visual exclusivo.

2) Aplicação

Divida mechas em transparência, costure e aplique a coloração escolhida.

Comece pela nuca e repita o procedimento.

Depois vá para as parietais com a mesma técnica.

Por último, vá até o topo prestando muita atenção à franja.

Agora dê um tempo de pausa de 40 minutos (isso vai depender de cabelo para cabelo, sempre faça o acompanhamento).

mechas-invertidas-live-life

Dica: o planejamento das mechas deve ser feito junto à sua cliente, é isso que definirá se você irá fazer  muitas ou poucas mechas. Não faça mechas muito finas, lembre-se: o cabelo está monocromático, se fizer mechas muito finas não irá aparecer.

Depois desse processo, finalize como de costume. Para ter um resultado melhor, use os finalizadores da Live.Life Professional, veja todos os produtos AQUI .

Dicas para um Marsala perfeito

marsala perfeito

A cor Marsala foi uma das mais faladas em 2015 e voltou com tudo em 2016! Um tom fechado e denso de vermelho escuro inspirado no vinho italiano de mesmo nome, é bastante associado ao clima frio.

Essa nuance do vermelho é bastante procurada nos salões de beleza, mas nem sempre é possível encontrar a cor pronta para usar. E agora? Como chegar ao Marsala perfeito?

marsala

Bom, existem duas formas de se atingir esse tom tão desejado:

A primeira dica é com as Máscaras Matizadoras da Live.Life Professional.

máscara marsala

Com o cabelo descolorido, enxágue os fios e aplique uma mistura em proporções iguais da Máscara Matizadora Platinum com a Máscara Tonalizante Red. Depois de 20 minutos é só enxaguar e finalizar como de costume.

Ah, e o melhor: não precisa hidratar os fios, as próprias Máscaras já fazem isso!

A segunda dica é com as colorações da linha Live.Life Color .

coloração marsala

Da mesma forma, após enxaguar, aplique uma mistura de Live.Life Color 8.26 Marsala e AOX de 10 volumes.

Com 20 minutos de pausa, enxágue com shampoo e condicionador pós química da linha Day By Day Studio ou hidrate com a linha Power System.

resultado marsala

E quem pode usar o Marsala?

Bom, basicamente todo mundo! O importante é analisar o perfil da cliente e ver se ela combina com o tom e o corte. Pode ser usado em todos os tipos de cabelos e, por ser a cor da moda, combina com diversas pessoas.

Corra já e faça tons marsala no seu salão, o que está esperando?

Como ter sucesso na Distribuição de Cosméticos Profissionais?

dinheiro_sucesso

O setor de cosméticos é um dos que mais crescem no Brasil, estamos em terceiro lugar no ranking mundial de consumo de produtos ligados à beleza. Em 10 anos subimos 3 posições e é um mercado que tende a crescer muito mais.

Mas, em meio à grande concorrência nesse mercado, fica sempre a dúvida: como se destacar e ter sucesso na Distribuição de Cosméticos Profissionais?

sucesso

Existem algumas ferramentas que podem ajudar aos Distribuidores a aumentarem as suas vendas e clientes fidelizados, entre elas:

– A impressão pessoal, que é uma linguagem não verbal que vai beneficiar ou comprometer todo o resto da sua apresentação;

– O planejamento, tanto do dia a dia quanto a longo prazo;

– A escolha de uma marca de qualidade, que é determinante para a venda ser concretizada;

– A abordagem comercial no salão de beleza, o início da fidelização do cliente;

Entre outras que poderão ajudar o Distribuidor a crescer e se destacar no mercado.

A fim de auxiliar neste quesito, foi criada a Live.Life Business School, que pode ser chamada também de Centro de Qualificação Gratuito aos Distribuidores.
business_schoolA Live.Life Business School é um canal no youtube que ensina as principais ferramentas e como transformá-las em prática.

Clique aqui e confira os primeiros módulos que farão a diferença na sua próxima venda.

A CRISE E O ATENDIMENTO ANTIPÁTICO

atendimento_ruim

O atendimento no Brasil nem sempre é o mais simpático comparado aos outros países, pelo contrário, o vendedor brasileiro é um dos mais carrancudos segundo um estudo feito pela empresa sueca Better Business World Wide, divulgada no final de agosto de 2015. A referida pesquisa, efetuada em 2014, reuniu 1,7 milhões de avaliações de atendimentos realizados em clientes secretos de 69 países da África, Europa, Ásia e América. Além do sorriso, a pesquisa analisou o índice de vendas adicionais e cumprimentos de saudação nos países. No Brasil, 22 mil clientes secretos participaram desta pesquisa. O resultado concluiu um ranking parcial com 16 países e o Brasil ficou em penúltimo lugar, somente à frente do Japão.

Comparado à pesquisa de 2013, o Brasil despencou da nona para a décima quinta posição, o que gerou preocupação aos profissionais que ministram treinamentos de vendas. A explicação dessa queda foi o cenário conturbado da política e a instabilidade econômica que o Brasil tem passado, período com muitas manifestações populares reivindicando melhorias sociais, justiça, transparência e qualidade de vida ao povo brasileiro. O que esperar de 2016 se a crise não só aumentou como ainda se generalizou?

Não há nenhum questionamento que, para melhorar a situação durante a crise, será necessário investir em atendimento de qualidade, principalmente quando preços e produtos são similares e é o relacionamento com o cliente que fará a diferença para conquistar e fidelizar os consumidores. Todavia, o atendimento de qualidade só será possível se tivermos profissionais de atendimento que tenham estabilidade emocional para ficarem impassíveis, durante a sua jornada de trabalho, diante de uma realidade incômoda e indigesta: instabilidade no emprego, perda do poder de compra, aumento constante de encargos e surgimento de novos impostos, corrupções astronômicas no governo, injustiça social, etc. É compreensível a situação do país refletir na qualidade do atendimento, embora não podermos aceitá-la mesmo que passivamente.

atendimento

A crise não pode ser motivo para se criar um ciclo vicioso da antipatia no atendimento comercial e para tal, estar de bem consigo mesmo é um excelente começo:

– Tenha uma visão otimista: crie o hábito de enxergar os pontos positivos com o que acontece no seu dia a dia;
– Valorize e comemore as suas conquistas;
– Aprenda a criar pensamentos e sentimentos positivos;
– Seja merecedor do seu sucesso: render muito é diferente de trabalhar muito;
– Evite palavras negativas;
– Pratique uma atividade física;
– Reclame menos, ria mais e compartilhe a felicidade com quem você gosta;
– Seja determinado, quando a oportunidade chegar você deve estar preparado;
– Elogie os seus clientes com sinceridade ;
– Mantenha uma boa aparência e vista-se adequadamente;
– Pratique boas ações;
– Leia bons livros, tenha momentos de lazer!
– Agradeça por ter todas as condições para ser uma pessoa feliz e sucedida!
– Carpe Diem!

bom_atendimento

A palavra de ordem é atender bem para atender sempre.

O mercado da beleza, reconhecidamente um segmento que trabalha com a auto-estima das pessoas, é um dos setores menos afetados com a crise justamente porque, para se elevar a auto-estima dos clientes, inicia-se com a excelência no atendimento. Mesmo com a instabilidade política e econômica, o Brasil se mantém como o terceiro mercado mundial no consumo de cosméticos. Não por mero acaso, empresas deste setor treinam e orientam os seus colaboradores para que a empatia seja um círculo virtuoso e contagiante em toda a cadeia produtiva, assim, as empresas de cosméticos possuem profissionais qualificados e preparados para o melhor atendimento aos seus distribuidores que, por sua vez, representarão a empresa junto aos salões de beleza. Os salões de beleza, por conseguinte, atenderão os seus clientes finais que desejam a valorização da aparência e uma maior auto–estima. Essa cadeia produtiva não deve ser interrompida por falha no atendimento em nenhuma das etapas pois o princípio básico dos produtos de beleza é valorizar a estética, e seja cognitivo ou não, a excelência no atendimento inicial e o bem-estar resultante no cliente do salão de beleza são elementos indissociáveis para que se possa vender bem… e sempre!